À roda das virtudes do azeite

Há poucas coisas que me dão tanto prazer à mesa como molhar o pão no azeite. E foi isso mesmo o que fiz esta semana no meu programa, na RTP1.

O azeite é uma das gorduras mais saudáveis e aquela que quase nunca falta em casa dos portugueses. Até porque, é um facto, temos alguns dos melhores azeites do mundo.

No programa À Roda da Alimentação desta semana, acompanhei uma campanha tradicional da apanha da azeitona e fiquei a saber muito mais sobre a admirável indústria da produção de azeite.

Além disso, visitei um lagar para conhecer o funcionamento do atual processo de transformação da azeitona. E, como o azeite não é todo igual –  em cor, brilho, odor, sabor e textura – também fiz uma prova para aprender a distinguir as diferenças entre os vários tipos que produzimos em Portugal,.

Entre muitas outras coisas, descobri que o azeite, pelas suas diferentes características, escolhido em função do que pretendemos fazer com ele. Por exemplo, os de tipo virgem e virgem extra são mais indicados para temperar, enquanto os refinados são mais apropriados para cozinhar.

Ficou curioso? Esse era o objetivo. Se não viu o programa, assista no site da RTP1 e saiba mais sobre esta nossa grande riqueza nacional.

TODOS OS PRODUTOS BIOLÓGICOS À MÃO DE SEMEAR

Your Content Goes Here

Your Content Goes Here

Your Content Goes Here

Comentários2

  1. Fernando Oliveira 26/05/19 13:58 | 04.03.2019 9:33 PM

    O azeite refinado é obtido por hidrogenação a quente e filtragem química.
    A maioria esmagadora do azeite que está à venda no circuito comercial é deste, mesmo muitos dos que são apresentados como virgens e até extra virgens.
    A fiscalização é ineficiente e muitas vezes corrupta e corrompida. Oiçam as opiniões dos sábios velhos olivicultores.

    Responder
    1. Especialista Continente
      Especialista Continente 26/05/19 13:58 | 12.03.2019 1:03 PM

      Bom dia, Fernando Oliveira. Existe legislação específica que define cada tipologia de azeite, laboratórios certificados que conseguem atestar a tipologia do azeite e organismos responsáveis por questionarem e testarem os azeites que estão no mercado. No caso dos azeites de marca própria, todos são testadas antes de chegarem à prateleira e são feitos testes de rotina com frequência para atestar a tipologia de azeite e a qualidade do mesmo.

      Responder

Adicionar comentário

Não perca pitada
das nossas novidades