6 Dicas para cozinhar um peru de natal

Com Catarina Furtado

Partilhar

Se à noite é bacalhau, no dia seguinte é peru. Por tradição, este é o menu de Natal da maioria dos portugueses. Hoje, ajudo-vos a garantir que sai perfeito.

Ultimamente, tenho aqui deixado vários truques para cozinhar bacalhau. Agora, chegou a altura de me dedicar ao peru. Embora, por norma, seja eleito para o almoço de dia 25 de dezembro, há quem o prefira na noite da consoada ou pelo ano novo.

Em qualquer dos casos, a preocupação é sempre a mesma: garantir que esta grande ave, que precisa do tempo certo de forno, chega ao prato suculenta e saborosa. Fiz uma breve pesquisa e, no final, reuni algumas preciosas para vos ajudar neste desafio.

1- Descongele com tempo

Se comprar o peru congelado, deve deixá-lo a descongelar lentamente dentro do frigorífico, rejeitando o líquido resultante da descongelação, antes de o preparar.

2 – Deixe a marinar 24h

Depois de descongelado, o peru deve ficar a marinar durante mais 24 horas no frigorífico, para que absorva bem os sabores. Pode optar por uma mistura de água, sal, folhas de louro, laranja e limão para o tempero. A ave deve ser retirada do frigorífico duas horas antes de ir ao forno.

3 – Coza com a temperatura certa

Para obter uma pele estaladiça e uma carne macia, quando colocar o peru no forno deve tentar manter a temperatura estável. Entre os 140 e os 180 graus é o ideal. É recomendável que use folha de alumínio para cobrir o peru enquanto assa.

4 – Esteja atento ao tempo

O tempo ideal de cozedura do peru é de meia hora por cada quilo. Se possível, espete um termómetro de cozinha na zona mais grossa da coxa para conferir a temperatura. Quando esta atingir os 74º C, o peru está pronto. Se não tiver termómetro, aperte a coxa. Se sair suco branco, a carne já está assada.

5 – Use o molho natural

Coloque água no fundo do tabuleiro onde vai assar o peru. Esta vai misturar-se com os líquidos que a carne vai libertando. De meia em meia hora, vá regando o peru com esse caldo. No final, este molho pode servir de acompanhamento. Se o quiser encorpar, junte uma colher de farinha e sumo de laranja ou vinho branco e leve-o a lume brando

6 – Recheie com criatividade

O truque de um bom peru pode estar no recheio. Por isso, seja criativo nos ingredientes. Use cogumelos, sultanas ou castanhas, espinafres ou frutos secos, por exemplo. E, não se esqueça, use pão ralado ou demolhado em leite morno para unir os ingredientes.

Autor

À Roda da Alimentação