Siga as orientações, pela saúde de todos!

Por À Roda da Alimentação

Nos tempos duros que atravessamos, mais do que conselhos, as recomendações das autoridades da saúde devem ser encaradas como imperativos. Faça-o por si e por todos nós.

Portugal, a par de vários países na Europa, entrou em declarado . Uma medida que vai muito além dos poderes mais alargados concedidos ao Governo, visto que acarreta maiores responsabilidades para todos nós, individual e coletivamente.

Se antes já eram poucas, agora já não existem mesmo desculpas para nos descuidarmos das medidas que devemos adotar para nos proteger do novo vírus que está a paralisar o mundo (). Mais do que nunca, é nossa obrigação estar atento às recomendações e medidas impostas.

Covid-19: DGS normas

Há muita informação a circular, quase tão depressa como a propagação deste inimigo invisível que hoje combatemos. Não é por acaso que atribuem o nome de ‘guerra’ à situação que vivemos e nela todos podemos ser guerreiros.

Mantenha-se informado e atualizado, mas recorra a fontes fidedignas. Cumpra criteriosamente as recomendações da Direção-Geral da Saúde e promova junto dos seus a adoção de comportamentos de proteção:

 – HIGIENIZE FREQUENTEMENTE as mãos com água e sabão. Faça-o mal chegue a casa ou ao local de trabalho, caso não esteja sob o regime de teletrabalho. Se possível, tome logo um banho e coloque a roupa para lavar quando regressar do trabalho, do supermercado, ou de qualquer outro local aonde tenha mesmo de se deslocar;

– Deixe os SAPATOS À PORTA DE CASA e pode, inclusive, delinear com fita cola uma ‘zona de contaminação’ onde deixa os sapatos, ‘o casaco da rua’. Pode colocar aqui um lembrete que o recorde que deve, imediatamente, proceder à higienização;

– Dê atenção aos procedimentos necessários para uma correta ETIQUETA RESPIRATÓRIA;

– Cumpra o distanciamento social ou isolamento, e LIMITE AS DESLOCAÇÕES.

E não se esqueça de se manter fisicamente ativo. O que não faltam são ideias para exercícios que pode realizar em casa e em família. E há para todos os gostos e vontades – do Ioga ao Crossfit. Basta fazer uma simples pesquisa na Internet.

E, no que toca à alimentação, é importante compreender que não existem alimentos, nutrientes ou suplementos que, por si só, permitam a otimização do sistema imunitário ou que nos impeçam de ser infetados por vírus, bactérias ou outros microrganismos causadores de doença. Contudo, um bom estado nutricional poderá fazer a diferença na evolução da infeção.

Neste mesmo blogue poderá contar com dicas, informação pertinente e inúmeras receitas saudáveis, sempre validadas pelos nutricionistas do Continente, que certamente serão muito úteis nestes dias.

Para o bem de todos, o melhor de cada um

Nota: Este artigo foi adaptado das Orientações e Circulares Informativas da ()

Autor

À Roda da Alimentação