10 dicas para emagrecer de forma saudável

Por À Roda da Alimentação

Não vale tudo para emagrecer! É preciso escolher o método certo para garantir que a saúde também não sai a perder.

Algumas das, alegadamente, podem ser perigosas para a saúde e ter efeitos colaterais que não são imediatamente visíveis. Grande parte das ‘receitas' rápidas não são duradouras e outras tantas sequer eficazes. A este propósito leia o nosso artigo sobre as dietas da moda e os seus riscos.

Recorremos, por isso, ao site nutrimento.pt, blogue oficial do Programa Nacional de Promoção da , da Direção-Geral da Saúde, para conhecer os princípios básicos de uma dieta equilibrada para emagrecer. Estas recomendações potenciam o sucesso da perda de peso e asseguram que a sua saúde sai reforçada.

Tome nota destas 10 para emagrecer de forma saudável.

1. Perder peso impacta a saúde

As oscilações bruscas de peso, associadas a dietas mal sucedidas, podem ser mais perigosas do que manter o peso a mais. Só avance se tiver a e a equipa certa para dar o primeiro passo.

2. Confirme a sua motivação para emagrecer

A perda de peso implica modificações sérias no dia-a-dia e a longo prazo. Reflita primeiro se está motivado(a) e se tem condições para mudar a sua alimentação e . Pense também nas barreiras que poderão surgir e como ultrapassá-las.

3. Avance com o apoio de quem sabe

Tenha uma conversa prévia com um profissional de saúde devidamente credenciado, por exemplo, pela Ordem dos ou dos Médicos. Perder peso com sucesso implica um plano individualizado e o seguimento atento e cuidadoso de um especialista durante vários meses.

4. Envolva a sua família e amigos

O apoio da família no processo de perda de peso é vital, porque facilita a aquisição de hábitos de vida saudáveis e evita recaídas. Por exemplo, ter sempre em casa alimentos saudáveis para todos e organizar caminhadas em família pode ser uma grande ajuda.

10 dicas para emagrecer de forma saudável

5. Faça uma avaliação prévia dos seus hábitos

Quanto mais se afasta da rotina diária e das suas preferências, mais difícil será prolongar com sucesso uma ‘dieta'. Deve fracionar as várias refeições ao longo do dia, não se esquecendo do pequeno-almoço e prevendo, de forma cuidada, situações inesperadas, como fins de semana ou festas.

6. Desconfie de dietas monótonas ou de produtos ‘milagrosos'

Um plano alimentar que inclua apenas sopa, só ou que seja muito monótono é perigoso a médio prazo, pois reduz a disponibilidade de essenciais ao bom funcionamento do organismo. Infelizmente, ainda não existe uma substância ou medicamento capaz de, por si só, fazer perder peso de forma eficaz, duradoura e sem riscos para a saúde.

7. Aumentar a atividade física é decisivo

Se tiver apoio ao nível da atividade física, a possibilidade de sucesso aumenta. Por vezes, a companhia de outras pessoas com os mesmos objetivos é determinante. Para a perda e manutenção de peso, recomenda-se a prática de pelo menos 30 minutos diários (150 minutos semana) de atividade física, procurando fazer uma progressão gradual para 60 minutos diários (300 minutos semana) de exercícios de intensidade moderada, atividade aeróbia, pelo menos 5 dias por semana.

8. Defina prazos e objetivos realistas

Rejeite metas impossíveis. Para quem tem peso excessivo, a perda gradual (0,5 a 1 Kg por semana) de 5 a 10% do peso inicial já traz benefícios de saúde e é um objetivo realista.

9. Mude o seu estilo de vida

O ambiente alimentar que nos rodeia é, por vezes, o maior obstáculo a uma alimentação saudável. A adequada é essencial, por isso, procure ter água sempre consigo. Opte pelo pão de mistura ou integral sempre que possível. Se der uma festa para crianças, disponibilize fruta de forma apelativa e evite o fácil acesso a alimentos de baixo valor nutricional, como bolos, bolachas, sobremesas.

10. Prepare-se e não desanime

Lembre-se que em qualquer processo de mudança de hábitos o sucesso pode demorar. Vai ter certamente várias fases de desânimo e insucesso em que lhe vai apetecer desistir. Fale com o seu profissional de saúde e aprenda a lidar com estes momentos. Afinal, pretende-se que tenha menos peso, mas acima de tudo que tenha mais saúde e aprenda a gostar do seu corpo.

Autor

À Roda da Alimentação