Aprenda a usar a Roda dos Alimentos em três tempos!

Por À Roda da Alimentação

Conheça melhor este guia simples, mas essencial, para uma alimentação, completa, equilibrada e variada.

O que é a e para que serve?

A Roda dos Alimentos Portuguesa foi criada em 1977 para a Campanha de Educação Alimentar ‘Saber comer é saber viver'.

Em 2003, a Roda foi atualizada para refletir a evolução dos , valorizando e reforçando a importância da Dieta Mediterrânica no estilo de vida da população.

A Roda ajuda a escolher e a combinar os alimentos que devem integrar a alimentação diária, através de um círculo, dividido em grupos de diferentes tamanhos, que agregam os alimentos com propriedades nutricionais semelhantes.

Roda dos alimentos: Grupos

A Roda dos Alimentos é composta por 7 grupos de alimentos, cuja dimensão indica a presença que devem ter no dia a dia.

  • Cereais e derivados, tubérculos – 28%
  • Lacticínios – 18%

A não possui grupo próprio, pois faz parte da constituição de quase todos os alimentos. Imprescindível ao organismo, as necessidades variam entre 1,5 e 3 litros por dia.

Roda dos Alimentos
Foto: DGS

Como se utiliza?

Cada um dos grupos da Roda apresenta funções e características nutricionais específicas, pelo que todos devem estar presentes na alimentação, diariamente.

Por outro lado, dentro de cada grupo, estão reunidos alimentos nutricionalmente semelhantes, que podem e devem ser alternados entre si, regularmente.

A quantidade recomendada (porções) depende das necessidades energéticas individuais.

As crianças de 1 a 3 anos devem guiar-se pelos limites inferiores e os homens ativos e os rapazes adolescentes pelos limites superiores.

A restante população deve orientar-se pelos valores intermédios.

Guia de porções/dia

  • Cereais e derivados, tubérculos –  4 a 11
  • Hortícolas – 3 a 5
  • Fruta – 3 a 5
  • Lacticínios – 2 a 3
  • , pescado e ovos – 1,5 a 4,5
  • Leguminosas – 1 a 2
  • Gorduras e óleos – 1 a 3

Este texto baseia-se no documentoA nova Roda dos Alimentos: Um guia para uma escolha alimentar diária', desenvolvido pelo Instituto do Consumidor e Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (2003).

Autor

À Roda da Alimentação