É sobre eles, mas fica só entre nós

Por À Roda da Alimentação

São os nossos maiores heróis, achamos que são invencíveis e que sabem tudo – e a maior parte das vezes sabem -, mas muitos desvalorizam os poderes especiais da alimentação. Os nossos seniores podem viver melhor, só precisam de uma ajuda.

Portugal continua a envelhecer e, por isso, cuidar dos mais idosos nunca foi tão importante. A velocidade de progressão do envelhecimento depende de muitos fatores. E embora existam alguns que não conseguimos controlar, como os genéticos, há outros que estão ao nosso alcance, aqueles que se referem aos hábitos.

Segundo a Associação Portuguesa de Nutrição, “o risco de inúmeras patologias associadas ao envelhecimento pode ser minimizado por uma intervenção adequada ao nível dos estilos de vida, nomeadamente da alimentação/nutrição e atividade física”. Comer para prevenir doenças ou para atenuar os seus efeitos parece ser, claramente, a estratégia vencedora.

As nossas necessidades nutricionais variam à medida que os anos passam. Segundo a informação que os especialistas do Continente me passaram, com o tempo, o organismo começa a perder a capacidade de absorver vitaminas, como a B12, minerais como o cálcio, por exemplo, e a síntese de vitamina D através da pele. Além disso, passa a existir uma maior tendência para a malnutrição que pode ter várias explicações. Por exemplo, a dificuldade em carregar as compras pode tornar a lista mais pequena e menos variada e, por isso, esta começa a resumir-se aos básicos.

Este tipo de ações, que tem consequências em qualquer fase da vida, por vezes, complica bastante a nos seniores.

Porém, contrariar esta tendência é possível. Uma alimentação cuidada aliada ao exercício físico, pode contribuir para um envelhecimento mais saudável. E a idade não tem necessariamente de ser uma sentença. É só apresentar-vos o meu pai, por exemplo, que mudou de hábitos alimentares, passou a fazer caminhadas e exercício físico, e põe muitos cinquentões a um canto.

ESSENCIAIS

Autor

À Roda da Alimentação