Semáforo Nutricional: as cores que contam!

Com Catarina Furtado

Uma das melhores ferramentas para nos ajudar a fazer escolhas alimentares mais saudáveis é o . Nunca usou? Eu explico como funciona.

Saber interpretar os rótulos é essencial para vigiarmos exatamente o que comemos, em que quantidades e se está dentro do prazo de validade.

Além da informação básica sobre a composição dos alimentos, algumas marcas, como é o caso da marca própria do Continente, apresentam um resumo da informação nutricional, no que diz respeito aos elementos que, em excesso, são mais perigosos para a : açúcares, gordura (lípidos), gordura saturada (saturados) e sal.

Semáforo nutricional: como funciona

  • Cuidados redobrados no encarnado
  • Alguns cuidados no o amarelo
  • avançar com confiança no verde
Semáforo Nutricional

O semáforo nutricional do Continente indica, ainda, a energia em quilocalorias ou quilojoules (a cinzento) e a percentagem do Valor Diário de Referência (DR) que uma porção do produto (100 g para alimentos/100 ml para bebidas) fornece de cada nutriente.

Este último dado diz-nos qual o contributo daquela porção para a satisfação das nossas necessidades diárias (considerando-se uma ingestão de 2 000 kcal diárias).

Em resumo, é fácil de decorar: no verde avance confiante, no amarelo vá com precaução e perante o vermelho só arrisque de vez em quando.

Ficou com dúvidas sobre o semáforo nutricional? Pergunte à Nutricionista Online.

Autor

Catarina Furtado