Receitas de tacho

Por À Roda da Alimentação

Para pôr em ação os tachos lá de casa, temos quatro receitas de tacho vegetarianas que têm tanto de equilibradas como de saborosas.

Cozinhar num tacho é uma tradição antiga em muitas culturas do mundo, nomeadamente em Portugal. Os ingredientes que entram nesta forma de confeção são por norma frescos, simples e saudáveis, dando origem a pratos bastante reconfortantes. Para pôr em ação os tachos lá de casa, temos quatro receitas de tacho vegetarianas que têm tanto de equilibradas como de saborosas: uma exótica Sopa marroquina de batata-doce com , umas Salsichas vegetarianas em couve-lombarda, um caril de lentilhas e ainda uma feijoada vegetariana rápida. Quatro receitas nutritivas, umas mais exóticas, outras tipicamente portuguesas. Vale a pena pegar já em quatro tachos diferentes e experimentar todas.

Receitas de tacho

Sopa marroquina de batata-doce com lentilhas

Tal como acontece em Portugal, em Marrocos a sopa também é uma presença assídua na gastronomia. Talvez pareça estranho juntar lentilhas verdes secas e batata-doce na mesma receita, mas esta combinação feliz dá origem a inúmeros pratos noutras regiões do mundo. Além destes dois ingredientes, os que fazem parte da receita são cebola, cenoura e , aos quais se juntam três especiarias improváveis para uma sopa – cominho, açafrão e pimentão –, responsáveis pelo aroma de outras paragens.

É conveniente ir destapando o tacho para apurar e corrigir os temperos, se for necessário. Curiosamente, não faltam os coentros picadinhos no fim, uma erva aromática muito portuguesa e cujo poder refrescante contrasta com este prato tão quente, ideal para os dias frios. Esta sopa é uma excelente fonte de proteína de origem vegetal, hidratos de carbono, fibra e . Por ser bastante aromática, pode constituir uma belíssima refeição vegetariana ou, no caso de comensais com um apetite mais devorador, um primeiro prato exótico e muito surpreendente.

Salsichas Vegetarianas Com Couve-Lombarda

Salsichas vegetarianas em couve-lombarda

As salsichas com couve-lombarda são uma receita bastante antiga, que infelizmente se vê cada vez menos. Esta receita proposta pela chef Inês Simas é uma opção vegetariana que garante o excelente sabor da receita tradicional. Em vez de carne, as salsichas são feitas com e feijão, alimentos com muitos que se associam aos muitos benefícios nutritivos da couve-lombarda. Este hortícolas da época com folha verde-escura tem um baixo valor energético e é rica em fibra, e ácido fólico. Também é fonte de tiamina, vitamina B6, vitamina K e potássio.

Receitas de tacho

Caril de lentilhas e feijoada vegetariana rápida

Estas duas receitas de tacho têm em comum o facto de serem feitas com leguminosas, alimentos que infelizmente caíram um pouco em desuso. Idealmente as leguminosas deveriam comprar-se secas, uma vez que o trabalho de demolhar e cozer é francamente compensador em termos de qualidade e sabor. No entanto, atualmente, já existem várias opções enlatadas que são bastante equilibradas. As lentilhas e o feijão têm, como se sabe, um teor elevado de proteína de origem vegetal, são uma fonte de vitaminas do complexo B – sobretudo B1 e B6 – e de vitamina C.

Ambas as receitas são equilibradas, sendo ideais para quem procura opções vegetarianas que sejam proteicas. O caril de lentilhas tem um sabor particularmente forte devido ao gengibre, aos cominhos, às sementes de coentros, ao açafrão em pó, ao chá de caril Madras e ao caril em pó mais suave, condimentos que entram no refogado ao qual se juntam as lentilhas e o tradicional de coco. Quanto à feijoada vegetariana rápida, é, como o nome indica, simples e fácil de fazer, tendo por base, a par de outros ingredientes,  feijão encarnado e fumado sem esquecer a tradicional couve coração.

Bom apetite!

Autor

À Roda da Alimentação