Três receitas com abacate

Por À Roda da Alimentação

Ver Receitas

Hoje é só sobre , o nosso ingrediente do mês. Aproveite, porque temos três receitas com , deliciosas e saudáveis, que farão um brilharete em qualquer ocasião.   

Artigo atualizado a 4 de janeiro de 2023

Tostas com guacamole e broccolinis, Bowl de milho doce, queijo feta, abacate, lima e coentros, e ainda um Gelado de abacate com pistácios, são as propostas que temos para si. Podem ser servidas separadamente, mas juntas compõem uma refeição deliciosa com entrada, prato principal e sobremesa. Aprenda ainda a escolher um abacate e conheça os seus benefícios.

Benefícios do abacate

Oriundo do México e da América do Sul, o abacate é hoje cultivado nas regiões tropicais e subtropicais, nomeadamente nas Canárias e também em Portugal, na Ilha da Madeira.

É um fruto mais calórico do que a maioria parte – 100 g têm aproximadamente 114 kcal, devido ao seu teor de gordura (gordura saudável–, por isso é aconselhável ingeri-lo com alguma moderação. A sua popularidade crescente deve-se não só à variedade de receitas que nos permite confecionar, mas também aos grandes benefícios que tem para a saúde:

  • É um aliado para o controlo do apetite uma vez proporciona uma grande sensação de saciedade devido ao seu teor em fibra e gorduras monoinsaturadas, além de contribuir para regular os níveis de glicémia (açúcar no sangue).
  • Contém gorduras monoinsaturadas que se encontram maioritariamente no azeite – as chamadas «gorduras saudáveis» – e que contribuem para o bom funcionamento do sistema cardiovascular e da pressão arterial, ajudando ainda na redução dos níveis de colesterol LDL – o chamado «mau colesterol».
  • Contém vitamina E e vitamina B6, essenciais para o organismo devido à ação antioxidante , no caso da Vitamima E, e ao forte contributo para o fortalecimento do sistema imunitário, importante na prevenção de doenças. Já a vitamina B6 participa numa série de funções do organismo, desde o sistema hormonal, imunitário e nervoso, até à redução do cansaço e fadiga e à produção de proteínas e glicogénio, razão pela qual está também associada ao equilíbrio do organismo para quem pratica desporto.
  • Tem uma grande quantidade de fibra, essencial para a regularização do intestino.
  • É fonte de potássio, que ajuda na manutenção da pressão arterial normal.

• A presença de ácido oleico (gordura insaturada) e o conteúdo em esteróis vegetais contribuem para reduzir os níveis de colesterol LDL sanguíneo (mau colesterol).

Tipos de Abacate

Em Portugal, produzem-se cinco tipos de abacate:

Abacate Hass – tem uma cor verde antes de amadurecer e, à medida que amadurece, ganha um tom verde-escuro. Quando está no ponto, fica com a casca escura. Tem um teor de gordura excelente para a preparação de guacamole.

Abacate Reed – este abacate está disponível durante os meses de verão. Tem um sabor leve, suave e é do tamanho de uma bola de ténis. Quando amadurece, a sua casca mantém o tom de verde, ao contrário de outras variedades.

Abacate Fuerte – é um abacate híbrido guatemalteco-mexicano, com um interior verde-claro e uma casca mais lisa e verde. É ligeiramente maior e tem menos gordura do que a variedade Hass, sendo por isso ideal para preparar saladas e sushis.

Abacate Bacon – tem um sabor mais suave do que as outras variedades. A sua casca castanho-clara é fácil de descascar.

Abacate Pinkerton – tem uma forma alongada, uma casca áspera que é fácil de descascar e um pequeno caroço dentro da sua polpa cremosa. Esta variedade cresce até pesar 225-680 gramas.

Como escolher abacate

O aspeto geral de um abacate deve mostrar a casca íntegra, sem manchas escuras, zonas amassadas ou pontos castanhos. Se a casca for brilhante, o abacate ainda não amadureceu. Estes três aspetos são importantes a considerar nas suas compras:

  • Firmeza – segure o fruto na palma da mão, aperte-o delicadamente a toda a volta e sinta a sua firmeza. O abacate deve ser maduro e macio, nunca mole, e pode ser deformado com uma ligeira pressão, caso contrário é sinal de que está verde e ainda precisa de mais algum tempo.
  • Talo – se ainda estiver preso à fruta, puxe-o; caso ofereça resistência, não está maduro. Se o talo se soltar com facilidade e tiver uma base verde-clara, o abacate pode ser consumido, mas se a base for amarela-esverdeada é preciso esperar que amadureça. No caso de a base ser castanha, já passou do ponto.
  • Aspeto ideal – escolha sempre abacates com a casca íntegra, sem manchas escuras, pontos castanhos e que não estejam esmagados ou amassados. Os abacates com a casca brilhante ainda não amadureceram.

Bom apetite!

Receita Entrada

Tostas com guacamole e broccolinis

45 m

4 pessoas

Ver Receita
Receita Entrada

Tostas com guacamole e broccolinis

45 m

4 pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 8 broccolinis

  • 1 c. de café de Sal

  • 4 fatias de pão de mistura ou integral

  • 2 abacates

  • 2 limas (sumo)

  • 1 c. café de pimentão doce

  • 2 c. de sopa de azeite

  • 1 c. sopa de coentros picados

  • 1 tomate

Preparação

1/

1/4

Comprar no Continente
Receita Almoço

Bowl de milho doce, queijo feta, abacate, lima e coentros

45 m

1 pessoas

Ver Receita
Receita Almoço

Bowl de milho doce, queijo feta, abacate, lima e coentros

45 m

1 pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 450 g de milho doce

  • Azeite q.b.

  • 1 c. sopa de mel

  • 1 c. de café de Sal

  • 1 abacate

  • 70 g de queijo feta

  • 1 lima (sumo)

  • Coentros q.b.

Preparação

1/4

1/6

Comprar no Continente
Receita Sobremesa

Gelado de abacate com pistácios

10 m

6 pessoas

Ver Receita
Receita Sobremesa

Gelado de abacate com pistácios

10 m

6 pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 3 abacates congelados

  • 2 bananas maduras

  • 3 c. sopa de creme de coco

  • 2 c. sopa de mel

  • Pistácios q.b.

Preparação

1/6

1/4

Comprar no Continente

Autor

À Roda da Alimentação