Petiscos de verão: excelentes tentações

Com À Roda da Alimentação

Ver Receitas

O bom tempo traz o convívio, por isso o verão é a altura ideal para uns entre familiares e amigos. Está na altura de provar umas amêijoas à Bulhão Pato ou uns mexilhões à espanhola, mas desta vez feitos por si.

Artigo atualizado a 22 de agosto de 2022

Os são uma grande tentação, especialmente depois da , ao entardecer. A nossa sugestão é que substitua a esplanada do restaurante, da marisqueira ou da cervejaria pelo terraço ou a varanda lá de casa depois de experimentar as nossas receitas. Outra para cozinhar aquilo que geralmente se come fora de casa e aumentar assim as alegrias do verão é o facto de conseguir ter um melhor controlo da adicionada às receitas, tornando estes pratos mais equilibrados para família e amigos, enquanto desfrutam da companhia uns dos outros.

: como escolher amêijoas e mexilhões

A escolha de bivalves deve obedecer a quatro critérios importantes: é fundamental que os animais estejam vivos; as conchas fechadas e resistentes à tentativa de abertura (se abertas, fecham-se ao mais leve toque); a , no seu interior, deve ser abundante e transparente; a deve ser consistente ocupando quase na totalidade a concha. Por outro lado, e à semelhança do que acontece com tantos alimentos, é essencial considerar a sustentabilidade, ou seja, respeitar e cumprir a sazonalidade das espécies, evitando consumi-las durante o período de reprodução e esperando pelas respetivas épocas de maturidade.

Como preparar amêijoas e mexilhões

Tanto as amêijoas como os mexilhões fazem parte dos chamados moluscos bivalves, nos quais se incluem também as ostras, os berbigões, as vieiras, as conquilhas, entre outros. A sua preparação não tem muito que saber e exige apenas alguns cuidados. Basta serem bem lavados em água corrente, postos a refogar numa frigideira com e alho, esperar que abram e já está. Os temperos ficam ao seu critério, mas o e os coentros são frequentemente transversais a muitas receitas. Depois há, claro, muitos pormenores e variações que fazem de cada receita uma experiência única.

Boas razões para petiscar

Aproveite para se deliciar com estes bivalves que são ambos ricos em proteína e têm baixo teor de gordura. As amêijoas são uma boa fonte de fósforo e magnésio e ricas em ferro e vitamina B12, estes últimos muito importantes para o normal funcionamento do sistema imunitário. Já o mexilhão é rico em zinco, mineral que contribui para a saúde óssea. Boas razões para os incluirmos numa alimentação equilibrada.

A título de curiosidade, a famosa receita de amêijoas à Bulhão Pato deve-se ao poeta português Raimundo António de Bulhão Pato, cuja fama está longe de boas razões literárias, mas trouxe em vez disso grandes méritos culinários. Esta receita deliciosa ficou entre as finalistas das 7 Maravilhas da Gastronomia portuguesa.

Bom apetite!

Receita Entrada

Amêijoas à Bulhão Pato

30 m

10 pessoas

Ver Receita
Receita Entrada

Amêijoas à Bulhão Pato

30 m

10 pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 1 kg de amêijoas

  • 3 dentes de alho

  • ½ molho de coentros

  • Azeite q.b.

Preparação

1/

1/3

Comprar no Continente
Receita Entrada

Mexilhões à Espanhola

30 m

3 pessoas

Ver Receita
Receita Entrada

Mexilhões à Espanhola

30 m

3 pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 1 kg de mexilhão

  • 1 cebola cortada em fatias

  • 3 dentes de alho picados

  • 1 c. de café de Sal

  • Piripiri q.b.

  • 200 g de polpa de tomate

  • 1 copo de vinho branco

Preparação

1/3

1/3

Comprar no Continente

Autor

À Roda da Alimentação