Como fazer sangrias sem álcool e low-alcohol

Por À Roda da Alimentação

Ver Receitas

Com a chegada do tempo mais quente, a cai particularmente bem, tanto para acompanhar uma refeição como para beber isoladamente como cocktail. Hoje, apresentamos-lhe duas receitas muito saborosas e refrescantes. Toda a gente vai adorar e pode fazê-las em duas versões, conforme a ocasião: com ou sem álcool. À nossa!

Origem da sangria

As origens da sangria encontram-se na Península Ibérica. Tanto em Portugal como em Espanha não existe uma receita única. Pelo contrário, há tantas variantes, que pode fazê-la de acordo com o seu gosto pessoal e ao sabor da sua imaginação. No entanto, uma coisa é certa: embora haja quem utilize champanhe, a sangria faz-se normalmente com – pode ser branco, tinto ou rosé, com ou sem álcool. Além da bebida que tem por base, leva sempre sumo de frutas – geralmente laranja ou limão – e fruta cortadas aos bocadinhos. Em vez da tradicional bebida doce gaseificada típica desta receita, optamos simplesmente por água com gás. É mais saudável e ajuda a manter a linha.

Sangrias sem álcool

Com a chegada do bom tempo, escolhemos duas versões de sangria mais leves: a primeira é feita com vinho rosé e a segunda com vinho branco, uma vez que para esta altura do ano a sangria de vinho tinto é sempre um pouco mais pesada. A sangria rosé sem álcool primavera leva ‘vinho’ sem álcool, como o nome indica, enquanto a sangria low-alcohol de vinho branco é feita com vinho de baixo teor alcoólico. No entanto, se optar por vinho normal, não se esqueça de que o seu consumo deve ser bastante moderado e responsável. Sobretudo não conduza, ainda para mais porque a sangria pode dar facilmente a sensação de que se está apenas a tomar uma bebida refrescante.

A dieta mediterrânica e o consumo de vinho

A sangria rosé sem álcool primavera é feita à base de frutos vermelhos – morangos e framboesas –, conhecidos pelo seu elevado teor de vitamina C e ácido fólico, que são benéficos para o bom funcionamento do organismo. Além disso, a vitamina C tem ação antioxidante, contribuindo para o fortalecimento do sistema imunitário e prevenção do envelhecimento precoce. Esta sangria tem ainda uma tonalidade carmim irresistível, que inevitavelmente associamos à saúde, à força e à paixão.

A sangria low-alcohol de vinho branco fica com uma tonalidade dourada e é feita com maçã de Alcobaça e laranja. A maçã é uma fruta cheia de nutrientes com inúmeros benefícios para a saúde – daí o provérbio inglês An apple a day keeps the doctor away. A laranja – uma das melhores fontes de fibra, vitamina C e ácido fólico – combina maravilhosamente em termos de aroma e sabor com os paus de canela desta receita.

As duas sangrias devem ser servidas muito fresquinhas, idealmente num jarro de vidro transparente e em copos de vinho. Não se esqueça de que ambas levam um raminho de hortelã, que lhes dá um aroma muito fresco e um toque de cor revigorante.

À nossa!

Receita Almoço

Receita: sangria rosé sem álcool Primavera

m

pessoas

Ver Receita
Receita Almoço

Receita: sangria rosé sem álcool Primavera

m

pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 1 garrafa de vinho sem álcool rosé – Dom Rosato Free Rosé

  • 300 g de morangos

  • 250 g de framboesas

  • Hortelã q.b.

  • Gelo q.b.

  • 500 ml de água com gás Continente

Preparação

1/

1/3

Comprar no Continente
Receita Almoço

Receita: sangria de vinho branco low-alcohol

m

pessoas

Ver Receita
Receita Almoço

Receita: sangria de vinho branco low-alcohol

m

pessoas

Ver Receita

Ingredientes

  • 1 garrafa de vinho branco low-alcohol – Villa do Mar Low-Alcohol Regional Lisboa Branco

  • 1 maçã de Alcobaça

  • 1 laranja

  • 2 paus de canela

  • 1 ramo de hortelã

  • 1,5 l de água com gás Continente

Preparação

1/3

1/3

Comprar no Continente

Autor

À Roda da Alimentação