Benefícios do kiwi

Por À Roda da Alimentação

Numa salada, num batido ou simplesmente ao natural, o está cheio de e tem poucas , duas boas razões para ser cada vez mais popular entre nós. Conheça os benefícios deste fruto delicioso, de cor vibrante e sabor único, que evoca uma ave com o mesmo nome.

O kiwi é uma das melhores frutas que podemos encontrar no mercado. Tem origem no Oriente, mais precisamente na China, onde é conhecido como «groselha chinesa». A partir destas paragens, espalhou-se pelo mundo inteiro e chegou à Nova Zelândia, onde recebeu o nome de kiwi, devido à sua semelhança, em termos de cor, penugem e formato com a ave kiwi, símbolo deste país.

Na década de 80 do século xx, o kiwi acabou por chegar a Espanha, especialmente à zona da Galiza, e o seu consumo, para bem de todos nós, alastrou-se para o território nacional, especialmente para a zona norte, tornando-se assim, há mais de quatro décadas, uma presença constante nas compras dos portugueses.

Não há qualquer contra-indicação associada ao consumo de kiwi, um fruto bem tolerado pela maior parte da população. Apesar de não haver uma dose diária recomendada para o consumo de kiwi, numa alimentação completa e variada propõe-se a ingestão de pelo menos 3 porções de fruta, correspondendo uma porção a cerca de 160 g, ou seja, o equivalente a 2 kiwis médios.

Kiwi verde e Kiwi Gold

Há vários tipos e tamanhos de kiwis; além do mais conhecido entre nós, o que tem a polpa verde, entrou mais recentemente no mercado o kiwi gold, ou kiwi dourado, com uma polpa amarela ou alaranjada e um sabor mais adocicado do que o verde, fazendo lembrar um pouco as frutas tropicais. As diferenças entre o kiwi verde e o kiwi dourado são sobretudo em termos de aparência e de sabor – o gold é mais alongado e tem um sabor menos ácido –, visto que os benefícios de ambos são bastante semelhantes. As propriedades do kiwi são de tal ordem que muitas pessoas o consomem como se fosse uma espécie de medicamento.

Benefícios do kiwi

  • Possui um alto teor de fibra que o torna um grande regulador do sistema intestinal. Cerca de 17% da população mundial sofre de obstipação, ou seja, «prisão de ventre». Dentro do quadro de uma , o kiwi tem um efeito positivo na retenção de água no intestino delgado e no cólon, o que aumenta o volume das fezes e diminui a sua dureza.
  • Contém um alto teor de , que tem excelentes propriedades antioxidantes –particularmente eficazes contra o envelhecimento precoce da – e contribui para o funcionamento normal do sistema imunitário, reduzindo o cansaço e a fadiga e ajudando a manter as defesas naturais do organismo.
  • Fornece boas quantidades de ácido fólico, uma vitamina hidrossolúvel, importante para diversas funções do organismo. Esta vitamina previne também a e previne malformações do feto durante a gravidez.
  • É fonte de potássio, que desempenha um papel importante na manutenção dos níveis normais de pressão arterial e no bom funcionamento dos músculos e do sistema nervoso.
  • É um aliado da elegância, uma vez que é rico em fibra, um nutriente que ajuda no controlo do apetite e na saúde intestinal.

Autor

À Roda da Alimentação