A importância da água, esse bem precioso

Por À Roda da Alimentação

Onde não há água não há vida! Pela nossa saúde e pela saúde do planeta, é urgente preservar este bem tão precioso, ameaçado pela seca agravada, que tem afetado várias partes do mundo, incluindo o nosso país.

Artigo atualizado a 9 de outubro de 2023

Sente cansaço? Tem dores de cabeça e náuseas? Pode ser apenas o seu corpo a ressentir-se da falta de . A água representa entre 60 a 70% do organismo, e é essencial para que este cumpra as suas funções da maneira mais correta.

A água está no centro da Roda da Alimentação Mediterrânica, o guia alimentar nacional, não só porque faz parte da constituição da maioria dos alimentos (ou ser necessária para a sua confeção), mas também porque devemos consumi-la às refeições e de forma regular ao longo do dia.

Benefícios da ingestão adequada de água

  • Ajuda a regular a temperatura corporal;
  • Contribui para o bom funcionamento da função cognitiva e do sistema urinário e renal (diminuindo o risco de formação de ‘pedras' nos rins);
  • Intervém na constituição de diferentes fluidos corporais (sangue, sucos, saliva, linfa, etc.),
  • Preserva a elasticidade da ;
  • Facilita o transporte, digestão e absorção dos ;
  • Promove a limpeza do organismo, eliminando as toxinas.

Benefícios da água

Por tudo isto, a desidratação pode gerar vários sintomas que, por norma, desvalorizamos.Os estão em maior risco, pois têm dificuldade acrescida na perceção da sensação de sede.

Sintomas de desidratação

  • Cansaço generalizado;
  • Alterações visuais;
  • Dores de cabeça;
  • Obstipação;
  • Náuseas;
  • Problemas de memória.
Dia Mundial da Água

Água: mitos comuns

A água emagrece ou engorda?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, a água não possui valor calórico. Logo, não produz efeitos sobre o peso. Naturalmente, quem tem um sistema digestivo sensível, deve evitar a ingestão exagerada de água às refeições, para não potenciar o refluxo gástrico.

Outro mito comum, importante de desfazer, é que as bebidas gaseificadas contribuem para a descalcificação dos ossos, porque têm um pH mais ácido. A verdade é que o pH do sangue (que realmente produz impacto nos ossos) é independente do que se bebe ou come. Ou seja, o pH da água não interfere no pH do organismo.

Isto leva-nos à questão das bebidas alcalinas (pH superior a 7), nomeadamente, à alegação de que a água alcalina é melhor para a saúde. Embora se reconheça que este tipo de água tem efeitos benéficos para quem sofre de refluxo gástrico, a verdade é que, para a generalidade das pessoas, qualquer água engarrafada ou de rede é boa para a saúde. E o ideal é ir variando entre o tipo de água – nascente, mineral natural e da torneira, para se aproveitar o que cada uma tem de melhor.

A verdade sobre os alimentos alcalinos

Quantos litros de água devemos beber por dia?

Os especialistas recomendam a ingestão diária de entre 1,5 e 2 litros (6 a 8 copos), mas a necessidade de água varia em função do peso e existência de patologias, , idade, género, alimentação, condições climáticas e, claro, do estilo de vida, mais ou menos ativo, de cada um. 

A ingestão deverá ser, por isso, ajustada consoante as necessidades, pois se existirem mais perdas, por exemplo pela transpiração quando está muito calor, o consumo deverá ser superior.

Para quem bebe menos água porque se aborrece com a ausência de sabor, existem várias formas de introduzir mais água na alimentação. Alguns (melancia, , maçã, etc.), o chá, infusões, águas aromatizadas (sem adição de açúcar) ou a sopa são opções viáveis e saborosas de hidratação.

Receitas de sopas deliciosas

Para garantir que está a ingerir a quantidade certa de água, o ideal é ir vigiando a cor da sua urina: quanto mais clara, maior o nível de hidratação do organismo.

Sabia que a sensação de sede é o primeiro sinal de desidratação?
Não se deve esperar ter sede para beber água!

Outra dica importante é moderar o consumo de bebidas diuréticas (como é o caso de alguns chás ou infusões e de bebidas com como o café.), pois estas promovem a perda de água e aumentam a necessidade de hidratação.

A água é um dos bens mais preciosos para a saúde e para a manutenção do equilíbrio do planeta.

Dicas para beber mais água

Autor

À Roda da Alimentação