Refeições saudáveis num restaurante

Por À Roda da Alimentação

Embora haja cada vez mais opções nos menus, optar por refeições saudáveis num restaurante pode ser um desafio. No entanto, deixamos-lhe algumas para uma refeição sem grandes arrependimentos.

É possível fazer escolhas equilibradas, conscientes e nutritivas, enquanto aproveita uma experiência gastronómica fora de casa – especialmente agora, em tempo de férias. Basta seguir umas dicas.

Escolha restaurantes saudáveis ou que ofereçam opções saudáveis no menu

Muitos restaurantes têm as ementas disponíveis online, portanto, nunca foi tão fácil fazer antecipadamente uma boa escolha: basta pesquisar e ver quais são aqueles que têm opções saudáveis. Procure locais que ofereçam saladas, pratos com , carnes magras ou opções vegetarianas.

Opte por pratos que sejam assados, grelhados ou cozidos, em vez de fritos

Os alimentos fritos devem ser consumidos com moderação, uma vez que são ricos em gordura. Os grelhados ou cozidos são por norma mais pobres em gorduras.

Por outro lado, se comer uma salada ou uma sopa antes da refeição, vai ficar saciado mais rapidamente, podendo assim controlar o apetite e evitar excessos.

Evite alimentos com molhos pesados ​​ou cremes

Tanto os molhos como os cremes são por norma demasiado calóricos e ricos em sódio; por outro lado, podem causar digestões difíceis devido ao excesso de gordura. Uma boa possibilidade é pedir os molhos e os temperos à parte para poder controlar a quantidade que vai pôr no prato. Se for possível, opte por molhos de iogurte, limão ou azeite, que são bastante saudáveis.

Saladas para a praia e molhos saudáveis

Prefira saladas frescas e legumes cozidos como acompanhamento

Opte por acompanhamentos mais saudáveis, como legumes cozidos a vapor, saladas ou grãos integrais, em vez de batatas fritas, branco ou puré de batata.

Escolha peixe e carnes magras como ou peru

O ideal é optar por fontes de proteína magra, como frango ou peru sem pele, e peixes ricos em ómega-3 – nomeadamente salmão e sardinha – ou tofu. Qualquer um destes alimentos é altamente nutritivo.

Evite alimentos com elevado teor de gordura, açúcar ou

Como sabemos, estes são nutrientes cujo consumo excessivo está associado a um maior risco de desenvolvimento de doenças crónicas não transmissíveis, entre as quais, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, obesidade e alguns tipos de cancro.

Beba água ou chá em vez de refrigerantes ou bebidas açucaradas

É importante evitar bebidas açucaradas e calóricas. O ideal é beber chá sem açúcar, água ou água aromatizada…a refeição. Se for possível, evite o excesso de álcool ou beba com moderação, uma vez que as bebidas alcoólicas são também altamente calóricas.

Limite a quantidade de , massa ou arroz que acompanham a refeição

Pode controlar as porções, que nos restaurantes costumam ser bastante maiores do que aquelas que necessitamos. Uma boa ideia é pedir um prato que possa ser dividido por dois – há alguns tipos de alimentos que se prestam muito bem a isso; é mais económico, para além de evitar o desperdício de eventualmente não comer tudo.

Tenha cuidado com as sobremesas e opte pelas mais saudáveis, como frutas frescas

Limite as sobremesas. Se não conseguir resistir, escolha uma opção mais leve, como fruta ou um doce com secos. Pedir apenas uma sobremesa com duas colheres e dividi-la com alguém é sempre uma opção.

Lembre-se de comer devagar e saborear a refeição

É importante saborear os alimentos, apreciá-los e estar presente nesse ato vital. Se está a degustar uma refeição, faça-o com consciência do que está a comer, aproveitando o prazer de uma boa companhia – que pode ser apenas a sua – e deixando o telemóvel de parte. Comer devagar também é fundamental, porque além de saborear melhor, ficará saciado com menor quantidade.

Bom apetite!

Autor

À Roda da Alimentação