Esta semana, continuamos a desvendar os segredos da ‘agricultura da paciência’. Do campo ao prato, que cuidados tornam os produtos biológicos tão especiais?

No meu programa À Roda da Alimentação, que passa aos sábados, às 12.45 na RTP1, continuei (literalmente) no campo dos alimentos biológicos. Visitei o produtor Reinaldo Costa, que se dedica há 20 anos à agricultura biológica, para conhecer melhor os exigentes processos que distinguem este tipo de plantação da convencional e vim de lá ainda mais inspirada!

CHEGOU A COLEÇÃO À RODA DA ALIMENTAÇÃO

CONHEÇA OS NOVOS UTENSÍLIOS

Como me contou este simpático e experiente agricultor (cuja mãe tem uma saúde de ferro e a idade não lhe pesa), uma das principais diferenças é que, para controlar as pragas, limita-se a utilização de pesticidas de síntese e recorre-se a produtos mais naturais. Também estão vedados os adubos de síntese para fazer crescer os legumes ou frutos mais depressa. Ao invés, usam-se adubos naturais, como o composto, o estrume de animais ou alguns minerais. Como se pode perceber, esta é uma ‘agricultura de paciência’, que precisa de mais tempo face à convencional, já que respeita os ciclos de crescimento e desenvolvimento dos alimentos.

Além disso, incentiva o uso sustentável dos recursos naturais, como a água, aumenta a fertilidade dos solos, e promove a preservação da biodiversidade, produzindo menor impacto no meio ambiental e na vida animal.

E, claro, Reinaldo Costa, garante que sabe bem melhor!

Se ainda não experimentou, está na altura de tirar isso a limpo.

 

Para saber mais sobre agricultura biológica, aceda ao episódio online no site da RTP1.

Your Content Goes Here

Your Content Goes Here

Your Content Goes Here

Adicionar comentário

Não perca pitada
das nossas novidades